Simone do Vale – Nada a ver

“Indicação” nº 9 do dia:

Nada A Ver

eu não sei o que foi que eu fiz
pra você vir e me tratar tão mal
fique sabendo que eu tenho a consciência limpa
você não tem motivo pra fazer ninguem sofrer
tentei lembrar, recordar se de algum jeito eu tenha razão para tal
acho que não tenho nada a ver com isso não
nada a ver nada a ver isso não tem nada a ver

REFRÃO:
nada a ver nada a ver isso não tem nada a ver
não tenho nada a ver com isso
isso não tem nada a ver 2X

então começo a desconfiar que problemas são fáceis de se inventar
ter razões pra imaginar
que é da sua cabeça que tudo isso vem
consequentemente eu passo a pensar
que posso ter motivos pra me livrar
de incertezas como essa
faço bem e também fácil de se viver sem

REFRÃO:
nada a ver nada a ver isso não tem nada a ver
não tenho nada a ver com isso
isso não tem nada a ver 2X

não entendo de onde vem inspiração para este tipo de criatividade
você declara sua inocência eu continuo com a minha curiosidade
calma aí quem entende de ingênuidade aqui sou eu

REFRÃO:
nada a ver nada a ver isso não tem nada a ver
não tenho nada a ver com isso
isso não tem nada a ver 2X